Parte do valor arrecadado com as multas em Lages no ano passado foi utilizada para a compra de nove motos zero quilômetros que vão reforçar o setor de fiscalização de trânsito no município. Conforme determina o artigo 320 do Código Brasileiro de Trânsito e a Resolução nº 638/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), toda a receita recolhida com a cobrança das multas deve ser aplicada em ações de educação de trânsito, sinalização e fiscalização.

O ato oficial da entrega dos veículos ocorreu na manhã desta terça-feira, dia 16 de Janeiro, ao lado da prefeitura. Além das nove dos motos já equipadas, modelo 150 cilindradas da marca Yamaha, no valor de R$ 139.600 reais também foram adquiridos equipamentos de segurança para os agentes, como caneleiras, luvas, calças e jaquetas impermeáveis, que custaram RS 25 mil. “São veículos que vão reforçar o trabalho dos agentes de trânsito na missão de auxiliar e orientar a população”, destacou o prefeito em exercício Juliano Polese.

De acordo com o diretor executivo da Coordenação de Segurança e Trânsito, Jacinto Bet, o município tem atuado de forma intensiva com ações de educação no trânsito. “Infelizmente esses recursos são oriundos de multas, mas é também o resultado para a comunidade da atuação e trabalho dos nossos agentes”, destacou.

Fotos: KeltrynWendland - Texto: Ascom/PML