Um projeto do Grupo de Pesquisa em Bioquímica e Biologia Molecular do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, foi contemplado com R$ 400 mil pelo Edital de Inovação para a Indústria, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O projeto "Nova ferramenta molecular para pesquisa, diagnóstico e tratamento relacionada ao uso de anticorpos" consiste no desenvolvimento de novas moléculas para substituir o uso de anticorpos secundários em pesquisa e diagnóstico.

O dinheiro será uado no desenvolvimento e aprimoramento do programa e os envolvidos na pesquisa participarão de treinamentos oferecidos pelo Senai. "A validação deste protótipo pode levar a um produto inovador, criando um impacto muito positivo para a Udesc Lages", avalia a coordenadora do projeto, professora Maria de Lourdes Magalhães.

Em 2016, o projeto recebeu outros dois prêmios, um deles em um treinamento de inovação na Suíça. "O sucesso deste projeto é uma grande conquista para a universidade, que detém a tecnologia, e para os estudantes que têm a oportunidade de estarem envolvidos com pesquisas de altíssima qualidade", fala a professora.

 

Assessoria de Comunicação da Udesc Lages