Ao seguir os passos das grandes cidades do Estado e do Brasil, Lages receberá, na próxima sexta-feira (6 de abril), a sua rede de fibra ótica de Internet do Projeto Rede Infovia SC, instalada para interligar setores públicos de distintas esferas com atuação no município. A solenidade acontecerá às 14h no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Irmã Dulce, no bairro Guarujá, com a presença de autoridades estaduais; o prefeito, Antonio Ceron, e o vice Juliano Polese.

Ao todo serão 100 quilômetros de rede, com investimentos de R$ 2,6 milhões provenientes do Governo do Estado, via Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc), que tem como presidente Ivan César Ranzolin. As obras tiveram duração de aproximadamente quatro meses. A capacidade será de 120 MB. O termo de compromisso foi assinado na cerimônia de aniversário de 251 anos de Lages no dia 22 de novembro de 2017, com a presença do governador licenciado Raimundo Colombo.

O projeto prevê o atendimento de 81 pontos de acesso, contemplando escolas municipais, Unidades Básicas de Saúde (UBSs), secretarias municipais, entre outros órgãos públicos. O Estado adquiriu 82 suítes de distribuição aos pontos, destes, 52 chegarão a Lages nesta quarta-feira (4). O primeiro será instalado no Caic Irmã Dulce e na UBS daquele bairro. O serviço terá continuidade na próxima semana e até final de abril todas as unidades deverão estar devidamente colocadas. “A rede de fibra vai transformar Lages em uma cidade inteligente tecnologicamente, com recurso de ponta. A questão da fibra ótica servirá como uma referência no Estado e até no Brasil porque depois de apenas quatro meses já iremos entregar uma rede que possibilitará, na soma, se chegar a 110 quilômetros. Esta rede está integrada dentro das escolas municipais, Unidades de Saúde e em todos os demais locais públicos municipais designados pela prefeitura”, descreve Ivan Ranzolin, acrescentando que, “nas escolas, as crianças terão aulas das disciplinas no computador (notebook ou outra tela), com acesso a material do Brasil todo, a bibliotecas e livros didáticos, e o desenvolvimento se dará com este sistema, um avanço extremamente considerável”.

Com a consolidação da ligação da rede, num momento futuro, escolas estaduais e outros órgãos vinculados ao Estado, bem como hospitais, poderão usufruir do serviço através de projeto do Ciasc. A Rede Infovia SC já existe em outros municípios, como Blumenau, Florianópolis e Joinville. O Ciasc fornecerá infraestrutura interna às escolas do município.

Outra medida tecnológica tomada pelo Ciasc em 2017 para beneficiar Lages consiste na disponibilização de link de Internet de 100 MB para utilização no Parque Órion, sem custos. O espaço, centro de pesquisa, gestão do conhecimento e inovação, foi o primeiro a ser inaugurado de um total de 13 a serem totalmente implantados em Santa Catarina.

 

Foto: Toninho Vieira - Texto: Ascom/PML