Nesta segunda-feira (23 de Abril), o prefeito Antonio Ceron, o vice Juliano Polese e a secretária de Saúde Odila Waldrich, participaram da assinatura do termo de compromisso para construção e implantação da nova ala de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. O ato, prestigiado por inúmeras autoridades e representantes de entidades do município, foi realizado no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e também marcou a oficialização da habilitação dos serviços de alta complexidade em cardiologia.  “Duas grandes e importantes conquistas para a região serrana, pois poderemos oferecer um serviço de altíssima qualidade a todos”, afirmou o prefeito Ceron destacando o empenho da deputada federal Carmen Zanotto na articulação dos encaminhamentos junto ao Ministério da Saúde.

Inaugurado em 1915, o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, um dos maiores da região serrana, com uma abrangência de 500 mil habitantes, que já era referência no atendimento em traumatologia, se tornou no final de 2017, um Centro de Atendimento de Urgência para pacientes acometidas por Acidente Vascular Cerebral (AVC) e também foi habilitado para os serviços de cardiologia. “Em dezembro realizamos a primeira cirurgia cardíaca para provar que era possível fazer em Lages. A segunda parte do desafio é saber que teremos obstáculos. Entretanto, com respeito, esforço e responsabilidade vamos superar os desafios sem abrir concessões de qualidade nos serviços ofertados”, afirmou emocionado, Djalma Faraco, cirurgião cardíaco e responsável técnico pela cirurgia cardiovascular via Sistema Único de Saúde (SUS), do HNSP.

Para a realização dos procedimentos cardíacos, o governo federal irá repassar anualmente R$ 3.245.474,20. Além disso, também foi autorizado e já está na conta da Secretaria de Saúde do Estado, cerca de R$ 7milhões  para a construção da nova ala da UTI, para a implantação de leitos para auxiliar na nova demanda de cirurgias. “Todos esses processos contribuem para a regionalização da saúde. Estamos trabalhando para que as pessoas sejam atendidas na região em que moram”, destacou Acélio Casagrande, secretário estadual de Saúde, durante a assinatura do termo de compromisso de construção da nova ala do hospital.

Fotos: Greick Pacheco - Texto: Ascom/PML