Ponte Grande: realidade para quando?

Lages orgulha-se de ser uma das poucas cidades brasileiras, em plena crise econômica, a ter uma grande obra urbana em andamento. É a pavimentação e urbanização, da Avenida Ponte Grande, uma obra que vai custar mais de R$ 80 milhões. No entanto, apesar das boas intenções, a obra anda num ritmo muito lento. E não se sabe quando se tornará realidade para beneficiar tanta gente.

A deputada Carmen Zanotto, nossa entrevistada desta edição, faz um balanço de seu atual mandato na Câmara Federal. E mostra que ter ou não ter um deputado atuante faz grande diferença para uma região tão carente como a Serra Catarinense.

 

Empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, esteve em Lages no mês de abril. E anunciou um novo investimento de R$ 30 milhões para a cidade, na implantação de uma segunda loja, com geração de 200 novos empregos. A nova loja deverá estar pronta até outubro deste ano.

Sexo frágil? Cada vez mais, as mulheres provam que não! Reportagem desta edição traz mulheres que trabalham em profissões inusitadas. Veja como algumas delas se deram bem em profissões, consideradas ainda, um tabu para mulheres.

 

A Casa da Providência é um lugar em Lages para receber mulheres com problemas de dependência química, transtornos como depressão e estresse e o uso abusivo de medicamentos. Reportagem desta edição conta um pouco a história desse lugar, mantido pelas Irmãs da Divina Providência.

Na seção Cultura, matéria sobre o grupo lageano Coração de Potro, que completou 10 anos de estrada, trilhando sucesso e reconhecimento pelo Sul do Brasil. A RV de abril tem ainda um belíssimo ensaio de moda de inverno. E as opiniões e críticas sempre pertinentes do Ozóide e da coluna Cotidiano, assinada pela Carla Reche.

 

Obrigado por sua leitura, incentivo e apoio. Tenha um ótimo mês de maio e muita disposição para seguir adiante, sempre olhando para frente!

Equipe de Redação | Revista Visão