O Programa Jovem Aprendiz Cotista oferecido pelo Sistema Faesc/Senar, em parceria com os Sindicatos Rurais, tem como objetivo criar oportunidades de aprendizagem e de inserção no mercado de trabalho. Na noite de quinta-feira, 17, em solenidade no restaurante da Associação Rural, no Parque Conta Dinheiro, em Lages, 13 adolescentes receberam o certificado de conclusão do Curso Auxiliar Administrativo e Financeiro. Para a formação, há também a parceria de empresas empregadoras que permitem atender aos jovens, e inserindo-os ao mercado de trabalho. O curso também contribui para a erradicação de situações irregulares de trabalho desta faixa etária, quando as empresas dão preferência para contratação de adolescentes e jovens que se encontram em situação de trabalho proibido.

O Programa visa atender a Lei da Aprendizagem, nº 10.097/00, regulamentada pelo decreto nº 5.598/05, que prevê que todas as empresas de médio e grande porte estão obrigadas a contratar, com carteira assinada, adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos, de acordo com o percentual exigido por lei (art.429 da CLT). A contratação é feita por meio de um curso de qualificação profissional em que adolescentes e jovens têm aulas teóricas, de responsabilidade da instituição qualificadora, que em Santa Catarina é oferecida pelo SENAR/SC, e prática profissional, de responsabilidade das empresas empregadoras.

O curso, com duração de 960 horas, ou seja, dois anos de qualificação, é ministrado sem prejuízo à escolaridade formal. A didática obedece a critérios e atividades controladas, de acordo com a Legislação vigente. Do evento, participaram o presidente do Sindicato Rural de Lages, Márcio Pamplona, o representante da Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina, Clemersson Pedrozo, e a supervisora regional do Senar, Stephanye Fanton. Familiares, professores e amigos também prestigiaram a entrega dos certificados. 

O SENAR-AR/SC oferta o curso desde o ano de 2006, sendo que já passaram pelo programa 747 jovens aprendizes. Atualmente, o SENAR-AR/SC possui 07 turmas em andamento, sendo 03 no município de São Joaquim, 02 em Fraiburgo, 01 em Lages e 01 em Xanxerê, com 167 aprendizes atendidos.

 

Paulo Chagas - Assessoria de Imprensa