Uma pergunta que me fiz quando repassaram a administração do aeroporto de Correia Pinto para a Infraero (no dia 18 de janeiro de 2018) foi o que seria feito com os R$ 128 mil por mês que o Governo do Estado está repassando....

O tempo passa (rápido demais). E me faço novamente a pergunta: O que a Infraero está fazendo com a grana? Quando aquele aeroporto finalmente poderá receber voos por instrumentos? O que está faltando para isso? Há algum projeto para trazer nova companhia aérea à região com voos para Floripa, Curitiba, Porto Alegre, São Paulo?

Até quando vai esse contrato com a Infraero e quais os compromissos que vai assumir/realizar no período?

Com a palavra, a ADR de Lages......