Um total de 40 pontos de semáforos, instalados em cruzamentos de ruas e avenidas da cidade de Lages será modernizado, por meio da atualização dos controladores desses equipamentos, criando-se desta forma uma comunicação integrada do parque semafórico. Ou seja, todos os semáforos serão controlados através de uma central de operações.

Com isso, a mobilidade urbana será melhorada. A circulação dos veículos ficará mais constante, sem paradas entre um semáforo e outro, nas avenidas. Isso é chamado de “onda verde”, quando os veículos cruzam por vários semáforos. A fluidez do trânsito, neste sistema, pode ser programada, pois o tempo de abertura do sinal verde é sincronizado.

A empresa que irá implantar o sistema é a Newtesc, de São Paulo, contratada pela Prefeitura por um ano (12 meses). “Hoje cada semáforo, em Lages, funciona isoladamente. Iremos integrá-los e para isso a tecnologia dos controladores das sinaleira será atualizada. Dos 40 controladores existentes, sete deles terão de ser substituídos. A central de controle poderá ser operada por técnicos da própria Prefeitura, os quais receberão treinamento”, fala Marcelo Ekuni, da Newtesc.

O secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, disse que esse sistema integrado de semáforos é uma das medidas que estão sendo adotadas pela Prefeitura de Lages para melhorar a fluidez do trânsito urbano. “A prefeitura também está contratando uma empresa que ficará responsável pela sinalização de trânsito. Além disso estudos estão sendo desenvolvidos para elaboração do edital que irá regular a licitação de empresa responsável pelo funcionamento das lombadas eletrônicas. Tudo isso visa maior segurança para pedestres e motoristas, e melhor dinâmica da mobilidade urbana”, conclui Claiton.

 

Fotos: Marcelo Pakinha - Informações: Ascom/PML