A Secretaria Municipal de Saúde de Lages determinou que não serão mais pagos exames laboratorias e quaisquer outros procedimentos para pacientes que fizerem consultas através de Sindicatos, Associações e mesmo para quem pagar consulta com médicos e outros profissionais particulares. 

A medida fala inclusive que os hospitais não devem aceitar internamentos de pacientes que pagaram pela consulta através de médico particular. 

A Secretária de Saúde, Odila Waldrich, justificou hoje pela manhã na Rádio Clube que a Prefeitura não está fazendo outra coisa que não seja obedecer ao que diz a legislação vigente. Quer dizer então que em todos esses anos a Saúde de Lages agia na ilegalidade?

PERGUNTAMOS: se isso realmente tiver fundamento, o que será dos mais de 12 mil aposentados que consultam lá na sede da sua respectiva Associação e precisarão de exames? Imaginem mais 12 mil pessoas tendo de ir consultar nos postinhos? Em muitas unidades de saúde não tem nem médico (e em muitos só tem médico em determinado horário). Então, como dar conta de tanta gente que precisará acessar os postinhos  a partir de agora para uma simples consulta?

MAIS: quantas pessoas  hoje fazem consulta com médicos particulares? Serão negados os exames através da Prefeitura para todas essas pessoas? Não poderão internar sem passar por outra consulta nos postinhos? Não haverá congestionamento num sistema que já é deficitário?

LEMBRAMOS - O que dizia a atual administração lá atrás, na campanha eleitoral? Qual era a grande prioridade? Qual o candidato que se apresentava na televisão dizendo que todos os dias acordaria cedo para fazer visitas aos postinhos? Essas visitas acabaram? Quem sabe ele vai lá na Associação dos Aposentados e leva pessoalmente a notícia que a Prefeitura não pagará mais  pelos exames dos 12 mil aposentados e associados!!!!

Loreno Siega - Revista Visão