Foi notícia até no Jornal Hoje (Rede Globo) desta terça-feira (19/06). E na maior parte dos grandes veículos de comunicação escrita, falada e televisada de nosso país, incluindo os maiores  portais de notícias. 

A atitude irresponsável do Tenente Eduardo Nunes,  que atua na PM de Lages, na Copa do Mundo da Rússia, está maculando o nome da cidade onde ele trabalha já que estamos sendo citados por todos os noticiários como o lugar onde o dito cujo atua como PM. 

Um grupo de  homens brasileiros (o Tenente Eduardo entre eles), num estádio da Rússia, aparecem entre uma torcedora loira muito bonita daquele país. Alegres, sorridentes e descontraídos, o grupo faz de conta que está fazendo festa e torcendo. Mas na fala repetem várias vezes  uma  palavra inapropriada (o nome do órgão sexual feminino). A mulher russa, que não entende o português, provavelmente querendo ser simpática e acolhedora, vai no embalo e canta junto, repetindo o que dizem. 

Só que alguém, do ladinho,  filmou tudo. E jogou nas redes sociais. Pronto. Virou notícia mundial. E agora o nome de Lages está sendo emporcalhado por causa de uma atitude besta, irresponsável e calhorda do dito Tenente que atua em Lages. 

Se já tínhamos fama de ser uma das cidades mais violentas do Brasil contra as mulheres, com essa atitude machista e irresponsável, a pecha ficará maior ainda. 

Felizmente, a  PM emitiu nota que tomará providências sobre o episódio. E assim que o dito cujo voltar ao Brasil, responderá por seu comportamento infeliz. 

VEJA AQUI NOTÍCIA PUBLICADA HOJE PELO JORNAL O GLOBO