Após muitas reuniões e tratativas envolvendo todas as partes envolvidas no processo, com o empenho e acompanhamento direto do prefeito de Lages, Antonio Ceron, a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) publicou no Diário Oficial da União a portaria que concede ao Aeroporto Federal de Lages a Certificação Operacional Provisória, tendo a empresa Infracea (Infraestrutura em Controle do Espaço Aéreo e Aeroportos) como operador do aeroporto e autorizando, desta forma, as operações de aeronaves até o porte de ATR-72 da Azul Linhas Aéreas.

O processo de certificação iniciou ainda quando a Prefeitura tinha a gestão do aeroporto. A partir de agora o certificado passa a ser da própria empresa Infracea, atual responsável pelas operações. Com isso, a Infracea tem mais 12 meses para prover a Certificação Operacional Definitiva. “Somos parceiros da empresa que controla o aeroporto disponibilizando toda a infraestrutura existente no terminal aéreo e de todas as entidades que estão sempre envolvidas nas questões dos voos em Lages”, disse o prefeito, Antonio Ceron.

Neste processo é avaliada a capacidade técnico-operacional da empresa Infracea e de seus gestores, a capacidade de operação da aeronave da Azul com a infraestrutura existente no aeródromo, o cumprimento de normas técnicas e as conformidades com os regulamentos da ANAC, além de boas práticas internacionais.

Recentemente a empresa Azul Linhas Aéreas anunciou que a partir do mês de agosto passará a operar em seis dias da semana, de domingo a sexta-feira, aumentando a oferta de voos entre Lages e Campinas (SP).

 

Foto: Toninho Vieira - Texto: Ascom/PML