O programa de atrações da terceira edição do Serra Catarina Festival de Inverno foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (29/06). Neste ano, o evento envolve 12 cidades da Serra Catarinense com mais de 100 atividades culturais, esportivas, artísticas e gastronômicas realizadas durante 64 dias. Esta é uma iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lages e conta a parceria de diversas instituições e entidades da região.

A idealizadora e coordenadora do Festival, Rosani Pocai, destaca que o evento vem agregando mais parceiros e atividades a cada edição. Ela acredita que o evento pode sim ser referência como um dos mais importantes do gênero. Para isso, é preciso fazer a tarefa de casa. “É fundamental apresentar a Serra para Serra. Precisamos conhecer tudo que ela oferece de melhor. Temos frio de verdade e com neve, belezas naturais exuberantes e um povo acolhedor”.

O secretário estadual de Turismo, Cultural e Esporte, Tufi Michreff Neto, fez questão de frisar que a atividade turística se faz de forma integrada. “O setor de serviços é que desenvolve uma região. Por isso, temos que apoiar eventos como este, que agregam e fortalecem a economia. A Serra é destaque no Estado pela organização e o trabalho bem realizados”.

Representando os prefeitos de toda região, o prefeito Antonio Ceron falou da importância desse projeto e o engajamento de mais cidades. “Todos os municípios da região têm condições de fazer parte do Festival. Desta forma, conseguiremos inseri-lo no calendário de eventos de Santa Catarina de forma organizada. Para isso, não bastam apenas as belezas naturais, precisamos ter a ação do homem para que possamos propiciar  uma estada de qualidade aos nossos visitantes.

Gastronomia com identidade serrana

Incluir erva-mate, goiaba, queijo serrano, araçá, marcela e pinhão em pratos atrativos e saborosos têm sido tarefa do Núcleo de Estudos de Gastronomia do Instituto Federal de Santa Catarina. Os campi de Urupema, Lages e Florianópolis apresentaram receitas inusitadas e com identidade da terra para os participantes do lançamento.

A sopa de inhame com pinhão, hambúrguer com pão de erva-mate, carne e queijos produzidos na Serra com catchup de aracá e o canapé com pão de milho, queijo serrano, chutney de goiaba serrana harmonizados com vinhos finos de altitude agradaram muitos paladares.

Além das receitas de comidas, as bebidas fizeram sucesso. O ponche com cascas de goiaba e o suco quente de maçã com marcela e especiarias espantaram o frio da noite de sexta. “Trouxemos na elaboração das receitas ingredientes que, geralmente, são consumidos in natura. A ideia é estimular a cadeia produtiva de maneira justa, curta, ética e sustentável”, destaca a professora Evelise Zerger, do IFSC de Urupema.   

Mais de 100 eventos

O Serra Catarina compreende mais de uma centena de eventos que ocorrem nas principais cidades da Serra Catarinense. Alguns consagrados, como o Festival Internacional de Música na Serra, Motoneve, Encontro de Veículos Antigos, Bike serra e o Festival Gastronômico Sabores de Lages, e outros iniciados recentemente, como a Mostra de Arte e Cultura de Lages. O Sesc também trará uma série de apresentações musicais, de dança, teatro e exposições.

Diariamente, o Festival oferece opções de atividades para os visitantes e moradores da Serra Catarinense. A maioria das atrações é gratuita. A programação completa do evento está disponível no site www.serracatarina.com.br.

Rally Caminhos da Neve é uma das maiores provas do país

A largada promocional do Rally Caminhos da Neve ocorreu logo em seguida à solenidade de abertura. Até domingo (1), a competição, reconhecida como uma das maiores do calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country (CBA e CBM), terá a participação de cerca de pilotos e navegadores de nove estados e do Distrito Federal.  Mais de 30% deles são de Santa Catarina.

O maior contingente de pilotos catarinenses se concentra nas motos, UTVs e quadriciclos, com dezenove inscritos. Entre os competidores de Lages estão: Gustavo Gugelmin, César Augusto Bogo, Jackson Linder, Marco Antonio Della Giustina, Marcio Fretas de Almeida, Marcio Webber Rosa e Jovani Donde.

Eles vão percorrer 650 quilômetros num trajeto que passa pela Coxilha Rica, Rio Rufino, Bom Retiro, Urupema, Capão Alto, Painel, Bocaina do Sul, Urubici e São Joaquim. A largada e chegada ocorrem em Lages.

Texto: Catarinas Comunicação  - Fotos: Fon Conradi/Catarinas Comunicação/Loreno Siega