O músico português Rui Daniel Silva encontrou a Revista Visão na web. Gostou de nossa publicação. E nos mandou notícias e informações de sua aventura pelo mundo afora. Leia. O rapaz não é fraco!!!   "Chamo-me Rui Daniel Silva e tenho 40 anos. Sou professor de piano, licenciado pela Universidade de Aveiro. Sou de Nelas, no distrito de Viseu.   Até ao momento já visitei 124 países. Sempre gostei de viajar e após ter estado no Bangladesh apaixonei-me pela pureza deste povo. Decidi tirar um ano sabático e realizar uma viagem desde Portugal ao Bangladesh para tentar angariar fundos para as as crianças da Fundação Maria Cristina,  no Bangladesh. Ao longo de toda a viagem dou a conhecer e partilho a página da Fundação para quem quiser ajudar. Atravessei toda a África Ocidental e neste momento estou na Namíbia,  a caminho do Botswana.

 

O que me marcou mais nesta viagem foi infelizmente a escravatura de crianças que ainda existe em algumas zonas. Apesar de toda a pureza das crianças e jovens , muitos deles são mal tratados pelos locais. Já senti algum medo e já tive alguns problemas como me terem agredido na Libéria. Fui assaltado no Burkina Faso.       A viagem que mais me marcou foi num cargueiro desde a Nigéria aos Camarões. O povo mais hospitaleiro em solo africano até ao momento foi o Níger.  Sempre que posso e consigo ando à boleia e acampo em aldeias ou durmo com algumas tribos. Já tive que dormir na beira da estrada no Mali por causa dos rebeldes.     Todas as viagens são sempre um mistério. É uma incógnita inopinada onde temos de esperar horas que uma simples carrinha ou autocarro fique cheio para prosseguir viagem. O grande objetivo para além de toda esta epopeia é ajudar e dar a conhecer esta Fundação que ajuda as crianças no Bangladesh".    Relato de Rui Daniel Silva