A convenção do PSD homologou as candidaturas de quem disputará a eleição em outubro de 2018, entre elas a do deputado estadual Gabriel Ribeiro como representante do partido na Serra Catarinense. Para a chapa majoritária, foram indicados Gelson Merisio ao governo e Raimundo Colombo ao Senado.

O ato político ocorreu neste sábado, no plenário da Assembleia Legislativa, em Florianópolis. Em paralelo, outros nove partidos que irão compor a coligação com o PSD fizeram as suas convenções e, depois, todos foram ao plenário da Alesc.

Gabriel Ribeiro pretende manter o foco de suas ações no que tem pautado o seu mandato de deputado estadual nestes quase três anos e meio. No período, ele encaminhou projetos de lei de cunho socioeconômico e de transparência no setor público. Apresentou propostas que se tornaram leis, como a da permissão para a produção e venda do queijo artesanal serrano (que beneficia diretamente mais de duas mil famílias da região), e a que prevê a transmissão ao vivo, pela internet, das licitações públicas.

Nesta mesma linha, há projetos ainda em tramitação, como o que permite que restaurantes e bares doem a entidades assistenciais as sobras de alimentos prontos que não chegaram a ser servidos aos clientes, e a proposta que cria a política de compliance no setor públicio, que estabelece mecanismos para detectar desvios éticos e atos de corrupção.

 

No total, Gabriel Ribeiro apresentou 44 projetos de lei (ele é o oitavo em número de propostas entre os 40 deputados), e 20 destas proposições se tornaram leis estaduais.

Tarcísio Poglia - Assess. de Imprensa do PSD