O país vive há semanas - até meses - uma série de  falatórios, conjecturas e prognósticos na política. Afinal, quem mesmo sairá definitivamente candidato(a) a Presidente? Lula poderá disputar ou o PT tem um Plano B escondido para lançar? A esquerda vai se unir no  primeiro turno ou haverá vários candidatos e só depois, se alguém passar adiante, se falará nisso? Alckmin, agora com o apoio do Centrão, vai decolar? E Bolsonaro? Poderá crescer mais ou é fogo de palha? Marina Silva e Manuela  D´Ávila vão tirar o time de campo?

Em nível estadual, a mesma coisa. Quem sairá efetivamente ao Governo de SC? Merísio, Mariani, Amin, Bauer, Décio Lima? Sairão todos separados ou alguém abrirá mão para fortalecer a coligação? Quem, além de Colombo, sairá para o Senado? Carmen Zanotto irá à reeleição para federal ou sairá de  vice do MDB?

Quem mais sairá a federal por Lages e pela Serra Catarinense? E quem irá para estadual?

Acalmen-se, gente!!! Daqui a 10 dias teremos todas - ou quase todas - essas respostas. Aí o pau pega e não alivia. Para todos. 

Loreno Siega - Revista Visão