O 13º Congresso de Educação do Município de Lages, realizado nos dias 26 e 27 de julho no CentroSerra, trouxe para essa edição como tema a “Formação humana integral: perspectivas e complexidade de um cenário em transição”. 

O evento com objetivo de fomentar o trabalho dos profissionais da educação lageana, regional e estadual, foi uma realização da Prefeitura Municipal de Lages, por meio da Secretaria Municipal da Educação e contou com a parceria da Uniplac, além de outras instituições lageanas. 

No atual formato, o Congresso de Educação trouxe como diferencial a proposição de 96 Grupos de Trabalho. Destes, 68 tiveram como sede a Uniplac, que por dois dias recebeu em suas salas, oficinas educacionais com uma perspectiva de trabalho voltada para a formação humana integral, focada no desenvolvimento de competências socioemocionais, responsabilidade, empatia, cidadania, entre outras. “Precisamos nos preocupar com a formação de nossas crianças e jovens para muito além dos conhecimentos oferecidos no processo de ensino-aprendizagem”, afirmou o Pró-reitor de Ensino da Uniplac, Alexandre Tripoli Venção, que representou o Reitor Kaio Amarante na solenidade de abertura do evento.

Vale ressaltar que a viabilidade desses grupos só foi possível a partir da dedicação de 170 profissionais voluntários de diversas instituições de Lages e de municípios como Videira, Florianópolis, Curitiba e São Paulo.  “Acreditar que a educação é responsabilidade de todos e é o caminho para transformar a realidade que nos cerca”, afirmou Carlos Eduardo Canani, diretor da secretaria de Educação, organizador do Congresso e professor da Uniplac.

O Congresso de Educação, inovou seguindo o padrão dos grandes eventos científicos do país. Para isso, incorporou em sua programação, três eventos paralelos: o 2º Seminário da Educação Infantil, realizado no Centroserra. O 1º Seminário da Educação Especial e o 1º Seminário da Educação do Campo, sediados na Uniplac.

Bolsa 100% para Pós-graduação na Uniplac

Além da parceria ao ser sede de seminários e grupos de trabalho. A Uniplac esteve presente no Centroserra, com um estande voltado ao esclarecimento e divulgação de cursos de pós-graduação. A professora lageana Nilva Aparecida Sasso Ribeiro de Freitas, da Emeb Índios, foi a vencedora da bolsa de 100%  sorteada para o curso de pós-graduação em Gestão Educacional na Uniplac. “Além dessa bolsa de 100% que sorteamos, estamos oferecendo descontos especais neste curso aos professores: 25% para todos os participantes do Congresso de Educação e 50% aos funcionários da prefeitura de Lages”, explicou a Coordenadora de Pós-graduação da Universidade, Sabrina Lopes Ern.

Seminário com muita emoção

O 13º Congresso de Educação de Lages reservou vários instantes empolgantes e muito produtivos nos corredores da Uniplac. O 1º Seminário de Educação Especial foi um deles. O encontro contou a presença do palestrante autista Marcos Petry. “Cada vez que ouço o Marcos mais encantada fico com este mundo azul e mantenho a certeza da importância em compreendermos que o autismo não é um erro de processamento e sim um sistema operacional diferente”, afirmou a psicóloga, professora e coordenadora do curso de psicologia da Uniplac, Vivian Oliveira.

Sobre Marcos Petry

O jovem que emocionou a todos no Seminário de Educação Especial na Uniplac, é o catarinense Marcos Petry. Ele é um Autista de Alto Funcionamento, formado em Comunicação Institucional na Unidavi, em Rio do Sul e com Mestrado em Design Gráfico e Produção em Publicidade. Desde 2016, Marcos vem se colocando como um ativista por meio de seu canal no Youtube “Diário de um Autista”, o que resultou em muitos convites para palestras. O talentoso jovem, autor do livro “Contos de Meninos e Meninas, Contos de Homens e Mulheres”, afirma que, além de escrever, a música também é para ele como um porto seguro por englobar as mesmas prioridades da escrita: ritmo, significado e a possibilidade de reflexão.

 

Texto: Débora Bombilio / Assessoria Uniplac | Fotos: Débora Bombilio e Vitória Marques Bittencourt | Assessoria Uniplac