Superou as expectativas dos organizadores, a primeira Festa Julina da Associação de Turismo Rural Aconchego da Serra realizada na noite deste sábado (28), na propriedade de Hermar Mota, localidade de Santo Antônio dos Pinhos, em São José do Cerrito.

Fogueira com sete metros altura, bingão com prêmio de R$ 1.000,00, jantar de arroz carreteiro e arroz com galinha, apresentações de grupo de dança infantil, casamento caipira e dentre outros atrativos, venda de frango caipira, mel, queijos artesanais, pinhão, vinhos e produtos da agroindústria familiar, atraíram o público de quase 500 pessoas que prestigiaram o evento.

Alcione Donizete Mota, membro da comissão organizadora disse que o objetivo da festa é divulgar as propriedades da associação e arrecadar recursos para construção da sede própria. “Alguns empreendimentos da associação já tem receptivo e hospedagem de turistas, outros dão suporte com fornecimento de produtos coloniais e juntos buscamos incrementar a renda das propriedades”, explicou.

A Festa Julina teve apoio da prefeitura que cedeu um lonão e da secretaria de Educação Cultura e Desporto que levou o grupo de danças infantil. O presidente da associação Zito Bitencourt, disse que a renda da festa será empregada na segunda etapa da construção da sede da entidade e em capacitação dos membros da rota turística.

“Há quatro meses estamos planejando a festa e nos últimos 30 dias intensificamos os preparativos com um grupo de ao menos 40 pessoas. Vendemos cerca de 300 ingressos antecipados”, revelou o presidente da associação.

A propriedade local da festa foi decorada com tochas acesas, balão de São João, bandeirinhas, sinalização de estacionamento e produtos de agroindústria familiar como carroça e artigos da colônia. A assessora de turismo Ana Vieira prestigiou o evento e antecipou que em breve, será realizado pela equipe técnica da Amures levantamento dos pontos e potencialidades turísticas de São José do Cerrito.

Texto e fotos: Oneris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures