Uma das ramificações da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, o Banco do Emprego tem feito diferença expressiva no dia a dia dos cidadãos e das empresas de Lages, prestando serviços bem semelhantes aos de agências de emprego e melhor, sem custo nenhum, colocando à disposição uma estrutura completa e bem organizada na busca de profissionais à altura das expectativas dos negócios em ramos diversificados. Parceria consolidada que aparece como um exemplo é com a empresa Flex Relacionamentos Inteligentes, alimentada desde 2011, quando a empresa iniciou suas atividades em Lages.

A equipe do Banco do Emprego encaminha candidatos para seleção mediante cadastro digital prévio em seu sistema digital, respeitando-se os critérios estipulados pela Flex, e há várias edições o processo seletivo é realizado no auditório da própria Secretaria municipal, com participantes separados pelo acionamento deste serviço da prefeitura, de forma capacitada, por parte dos atendentes.

Na sexta-feira (27), profissionais da empresa estiveram no Banco do Emprego para realizar registros de pessoas com deficiência (PCDs) com interesse em fazer parte da Flex e da empresa JBS Foods, para compor um banco de talentos, visando ocupar possíveis vagas conforme a disponibilidade. Atualmente, a Flex tem em seu quadro funcional de Lages mais de 2.100 colaboradores. Deste total, 18 são pessoas com deficiência.

Cadastramento de 22 pessoas na JBS

A JBS Foods é também uma parceria permanente há aproximadamente cinco anos quanto aos serviços gratuitos de recebimento e cadastramento de currículos em seus sistemas, pré-seleção, encaminhamento de candidatos a vagas e cessão de auditório para processos de seleção coletiva e individual. “O Banco do Emprego tem nos apoiado muito e, consequentemente, auxiliado a população de Lages, fazendo este link importante entre candidatos e as vagas que a empresa oferece”, observa a coordenadora de Recursos Humanos (RH) da empresa, Cleidinea Swarowski.

Assim como a Flex, na sexta-feira (27), profissionais da empresa estiveram no Banco do Emprego para realizar cadastros de pessoas com deficiência (PCDs). Foram recebidos 22 candidatos. A partir dos cadastros efetuados, os candidatos serão avaliados dentro dos próximos processos seletivos, na medida em que surgirem oportunidades de emprego.

Fotos: Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo/Banco do Emprego