O diretor superintendente da Autopista Planalto Sul, Antônio Cesar Sass, apresentou na reunião da Associação Empresarial de Lages (ACIL) desta segunda feira, 06/08, a maquete eletrônica da duplicação da BR 116 em Lages. Também fez parte da reunião o Procurador da República em Lages, Dr. Nazareno Jorgealém Wolff.

Com base na maquete apresentada foi possível ter uma ideia de como ficará a rodovia com todas as melhorias da duplicação. Em Lages, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a duplicação entre o Km 238 e o km 248, mas o projeto da Autopista vai até o Km 255, incluindo o acesso a Berneck. Ao final da apresentação, Sass solicitou o apoio da ACIL para realizar uma Audiência Pública ou uma reunião com o Fórum parlamentar Catarinense a fim de discutir o projeto.

Dr. Nazareno sugeriu que Sass apresente para a ACIL um cronograma de trabalho, com base nesse cronograma poderemos organizar a Audiência Pública. Solicitou também que a ACIL faça a intermediação de um reunião entre a Autopista e a Berneck para que conheçam este projeto, “isso facilitará a tomada de decisões por parte da Berneck”, ressaltou.

O diretor da Autopista solicitou ainda o apoio da ACIL para a instalação de balanças na BR 116, no trecho de Santa Catarina. “Há muitos caminhões trafegando com excesso de peso na rodovia, só conseguimos fazer uma fiscalização eficiente com balanças”, destacou ele.

Trechos prioritários

Além de Lages, também terão trechos duplicados as cidades de Correia Pinto, Ponte Alta, São Cristovão do Sul, Ponte Alta do Norte (apenas a rua lateral), Santa Cecília, Monte Castelo, Papanduva, Itaiópolis (apenas a rua lateral) e Mafra, em Santa Catarina, e Rio Negro e Mandirituba no Paraná. Totalizando 78,8km de duplicação e 4,7km de ruas laterais.

Sheila Rosa - Assess. de Imprensa da ACIL