Depois de mais uma mídia nacional no Globo Repórter semana passada, do recebimento segunda-feira do diagnóstico turístico da equipe da Amures que mapeou, georreferenciou, fotografou e filmou 47 pontos turísticos em potencial ou em atividade, Urupema consolida agora o título de primeira cidade da Serra Catarinense a receber do Ministério do Turismo, a qualificação do Selo Prodetur + Turismo.

O prefeito Evandro Frito Pereira, secretário de Turismo Antenor Arruda, o “Tena” e o presidente da Câmara de Vereadores Jair Silva, o Guito”, receberam na quarta-feira (30) do ministro do Turismo Vinicius Lummertz, o documento que habilita o município a se credenciar para a fazer projetos e capitar recursos de um montante de R$ 5 bilhões que estão disponíveis no Ministério do Turismo.

A prefeitura e a iniciativa privada podem contrair a partir desse selo, financiamento com prazos e juros diferenciados. Na prática, isso significa que Urupema terá prioridade para acessar recursos públicos para investir em melhorias do turismo.

Com o selo em mãos, a secretaria de Turismo e o Conselho de Turismo irão convidar as entidades para identificar as principais demandas do município. O que explicou o ministro à comitiva urupemense é que o selo garante prioridade à análise de empréstimos para melhorias em infraestrutura. 

“Isso ajuda os turistas a terem ótimas experiências e permite a crescente geração de emprego e renda no turismo”, declarou o ministro. Para Vinicius Lummertz, o prefeito mostrou que Urupema é detentora da maior altitude média do estado com 1.425 metros acima do nível do mar, ostenta nascentes de águas límpidas, repletas de trutas e possui cachoeiras que chegam a congelar no inverno, proporcionando um espetáculo para os turistas. 

Evandro Frigo frisou que a adequada estruturação do turismo tem o poder de aumentar a permanência de visitantes na região. “O desafio é criar novos pontos de visitação, para que o turista seja motivado a ficar mais tempo na cidade”, apontou.

Orientação

O Ministério do Turismo disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas sobre o Prodetur+Turismo, pelo número 0800 200 8484. A Pasta também oferece atendimento por meio do e-mail atendimento.prodetur@turismo.gov.br e um chat online, das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira. 

 

Até o momento, o programa já recebeu 50 propostas e concedeu 29 selos + Turismo a 41 municípios de 4 estados, incluindo cinco empreendimentos privados. O valor total sob análise é de R$ 1,77 bilhão.

Onéris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures