De 6 a 16 de setembro, Caçador sediou os 58º Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Nesse período, o evento reuniu 4,5 mil atletas das 25 modalidades disputadas por 121 municípios. 

No último dia de competição, marcado pelas grandes decisões, o futsal feminino era o único representante de Lages na competição com possibilidade de realizar o feito mais cobiçado pelos atletas: ocupar o lugar mais alto do pódio e soltar o seguinte grito: é campeão!

Antes de conseguir esse objetivo, na manhã deste domingo (16 de setembro), o futsal feminino de Lages teve que superar outro dos melhores elencos da competição: o time de Chapecó.

Lages contra Chapecó se tornou o novo clássico catarinense justamente por se encontrarem com frequência nas decisões dos principais campeonatos da modalidade e protagonizarem duelos especiais, como por exemplo, na Copa do Brasil, Taça Brasil e Jogos Universitários Catarinense (Jucs).

Reconhecidas pelo alto nível de desempenho da equipe como um todo, além da Amandinha, eleita no Agla Futsal Awards (Oscar do futsal mundial) a melhor jogadora do mundo da modalidade pela quarta vez consecutiva e Diana considerada a quinta melhor do mundo, o futsal feminino de Lages contou com Thais, Greice e Giy. Elas chegaram até à final contra Chapecó com seis gols cada uma.

Do início ao fim, cada lance foi disputado com rigor. Logo aos 4min, Miche finalizou, acertou a trave e deu um susto na equipe lageana. A resposta veio aos sete minutos, quando Mayara abriu o placar pra Lages. Simpatizantes, familiares das atletas e torcedores vibraram muito. Entre eles, estava o entusiasta e torcedor apaixonado pelo esporte, o prefeito de Lages, Antonio Ceron, junto à família. Com o apoio vindo das arquibancadas, as meninas de Lages tiveram oportunidades de ampliar, mas o primeiro tempo terminou 1x0.

Correndo atrás do resultado, o time de Chapecó passou a utilizar a goleira linha e pressionou Lages. Faltando pouco mais de cinco minutos para o fim do jogo, no lance ensaiado de cobrança de falta, Amandinha passou para Mayara que fez o segundo gol dela na partida. Aos 4 minutos restantes, no contra-ataque, Tiga fez o terceiro gol pra Lages. Falando na Amandinha, tava faltando o gol dela pra fechar a conta. No minuto final, ela chutou no contrapé da goleira pra fazer o quarto. Ainda deu tempo do quinto, com Greice. Lages venceu por 5x0 e conquistou o bicampeonato dos Jasc em Caçador.

Na fase classificatória, as meninas do futsal lageano venceram São Miguel do Oeste, Concórdia e Balneário Camboriú. Nas quartas passaram por Xanxerê e na semifinal, ganharam novamente de Itajaí (Lages e Itajaí fizeram a final dos Jasc 2017). A partir de agora, elas se preparam para representar a cidade e o Brasil na Taça Libertadores da América de Futsal Feminino em Assunção, no Paraguai, de 7 a 14 de outubro. As adversárias do time lageano foram conhecidas na tarde da última quinta-feira (13 de setembro), em sorteio realizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Dez equipes de diferentes países disputarão o torneio. A primeira fase será dividida em dois grupos de cinco times. As Leoas da Serra entram como cabeça de chave do Grupo B, ao lado de AC Aquiles Nazoa (Venezuela), Palestino (Chile), Atlantes (Bolívia) e Lyon (Colômbia).

Fotos: Pablo Gomes e Fernanda Zanella

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Lages