Por volta das 6h40min. desta quinta-feira (04/10), o Sr. Claudinei Kuster dos Santos, 55 anos, disparou quatro tiros contra a ex-esposa, Célia Oliveira, 44 anos. Em seguida, disparou mais um tiro, desta vez contra a própria cabeça. 

O fato aconteceu dentro de um ônibus da Transul, que fazia a linha Penha/Centro. O local dos disparos foi  próximo ao viaduto da Penha, em frente ao Cemitério da Penha. 

O motorista do ônibus chamou o Samu e os Bombeiros, que  chegaram a levar os dois até o HNSP. Chegou-se a divulgar que os dois teriam morrido (inclusive nós fomos traídos pela  informação não verdadeira). Mas o fato é que os dois estão em estado gravíssimo no  hospital. 

Claudinei e Célia estavam separados havia 4 anos. Eles tinham  uma filha. E testemunhas que os conheciam informaram que Claudinei nunca aceitou a separação. E vivia ameaçando e incomodando a ex-esposa, inclusive com várias denúncias de agressão por parte da ex-esposa  na Delegacia da Mulher. 

No momento dos disparos havia pelo menos 30 passageiros dentro do  ônibus. Felizmente, ninguém mais foi ferido com os disparos. 

Com informações publicadas nos blogs dos colegas Edson Varerla e Milton Barão