Valorizar e melhorar a cadeia produtiva da ovinocultura, oferecer aos criadores oportunidades de renda na propriedade e estimular a permanência do homem no campo. São alguns dos objetivos do 2° Seminário Intermunicipal de Ovinocultura de Palmeira, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (18), no Parque de Exposições do município.

Organizado pela Epagri em parceria com a Associação de Criadores de Ovinos de Palmeira – Acop e prefeitura, o evento mobilizou criadores e pessoas com atividade ligada a agropecuária. Palestras, trocas de informações e uma mesa redonda composta por técnicos e criadores contribuiu para os debates do seminário que terminou com almoço de confraternização com arroz carreteiro e carne de cordeiro.

O que enfatizou a prefeita Fernanda Córdova é a importância das parcerias entre os produtores e o poder público. “Aqui os produtores não ficam esperando só pelo poder público, mas tem atitude e buscam melhorar a renda na propriedade. A prefeitura dá todo amparo possível nesta parceria e estamos nos tornando referência também na criação de ovinos de qualidade”, admitiu Fernanda Córdova.

O gerente regional da Epagri Olmar Neuwald elogiou o apoio da prefeita Fernanda Córdova ao projeto da ovinocultura e disse que a carne de cordeiro é um produto nobre e tem mercado totalmente aberto. “A coisa mais segura para a Epagri dizer hoje aos produtores é vender ovinos. Esse mercado é garantido”, afirmou.

A primeira palestra foi do engenheiro agrônomo da Epagri Clayrton da Silveira, que falou sobre os Desafios do Projeto de Ovinocultura de Palmeira. Depois foi a vez do presidente da Acop, Elmison Ramos que abordou sobre as atividades da associação. Aldo Martins Neto, falou sobre Turismo e Mercado para Criação de Ovinos, discorrendo sobre experiências da família que tem criação de ovinos na Coxilha Rica.

Para fechar as palestras, a assessora de turismo da Amures Ana Vieira abordou sobre Turismo de Eventos Alinhados à Ovinocultura. Antes do almoço foi feito convite ao público para jantar a base de carne de cordeiro dia 17 de novembro na fazenda dos Lourenços e Sítio da Vô Noêmia, que será promovido pela Acop.

Outro evento agendado em Palmeira é o 2° Festival de Carnes será realizado dia 9 de dezembro, com destaque para os pratos à base de cordeiro. Estas ações em parceria entre criadores, Epagri e prefeitura é que tem projetado o município como o mais organizado na Serra Catarinense para produção de cordeiros voltado à agregação de valor da cadeia produtiva.

Onéris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures