Durante a sessão de terça-feira (30), o vereador Lucas Neves defendeu a extinção do cartão corporativo utilizado pela prefeitura. Ele apresentou uma moção legislativa sugerindo que o prefeito Antônio Ceron avalie a real necessidade da ferramenta, levando em conta aspectos morais e econômicos.    Lucas trouxe o assunto à tona com base no uso polêmico do cartão por parte alguns funcionários comissionados do poder executivo. “Se não combatermos os privilégios, não atenderemos aos anseios da população”, disse o vereador.    A matéria foi rejeitada, por sete votos a cinco, e não será nem encaminhada ao prefeito. Votaram a favor do encaminhamento da moção, Lucas Neves, Jair Júnior, Moisés Savian, Ivanildo Pereira e Osni de Freitas. Votaram contra, Aida Hoffer, David Moro, Felício Martins, Gerson dos Santos, João Maria Chagas e Pedro Figueiredo. Se abstiveram, Bruno Hartmann e Maurício Batalha Machado e Vone Scheuermann.   Assess. de Imprensa do Vereador Lucas