Em um dia ensolarado, em meio a um local marcado pelo tom da vegetação e com a bênção do padre Darci de Sá, foi inaugurada na manhã desta quarta-feira, dia 7 de novembro, o Sistema de Esgotamento Sanitário de Otacílio Costa. 

“Saneamento é vida, e é assim que deve ser entendido o ato de hoje”, destacou o pároco para moradores, lideranças comunitárias e políticas, e para os profissionais da CASAN que com orgulho apresentavam oficialmente a primeira unidade de tratamento de esgoto da cidade de Otacílio Costa.

Usando como exemplo a dedicação e o capricho do funcionário Adão Brugnago – que tem 37 anos de CASAN e mais uma vez pela manhã varreu o pátio da nova unidade para receber os visitantes – o presidente Adriano Zanotto disse que é essa empresa profissional e comprometida que entrega o primeiro Sistema Público de Esgotamento Sanitário de Otacílio Costa. O presidente ressaltou também a importância da Companhia para que Santa Catarina avance na área de saneamento.

“Esse município de menos de 20 mil moradores já conta com uma cobertura de coleta e tratamento de esgoto muito maior do que cidades de maior porte, como Palhoça e Joinville, que deixaram o Sistema CASAN”, complementou Adriano Zanotto.

Em nome do governador Eduardo Pinho Moreira, que em função de compromissos deste período de transição não esteve presente à inauguração, o Secretário Regional de Desenvolvimento, Juarez Mattos, disse que em alguns anos a cidade deveria realizar novo encontro para comemorar esta data. “Saneamento é saúde e qualidade de vida, mas não podemos esquecer que é também um estímulo ao turismo e à economia”, fez questão de lembrar.

“Agradeço a Deus esta data, que representa um momento histórico para a cidade”, comemorou o prefeito Luiz Carlos Xavier, o Tio Ligas. O chefe do poder municipal lembrou que durante sua execução a obra trouxe inconvenientes, como o barro e a poeira, agradeceu a compreensão dos moradores e ressaltou que “essa é uma data de gratidão”.

Dirigindo suas palavras à CASAN e ao Governo do Estado, o prefeito fez questão de citar o ex-governador Raimundo Colombo, e o ex-presidente da Companhia, Valter Gallina, pessoas fundamentais no processo de captação de recursos e de efetivação da obra que garante coleta e tratamento de esgotos a aproximadamente 6 mil moradores dos bairros Centro Administrativo, Pinheiros, Poço Rico e Santa Catarina.

O SES de Otacílio Costa 

O primeiro sistema público de esgotamento sanitário de Otacílio Costa recebeu investimento de R$ 19,6 milhões - recurso obtido junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

A rede coletora de esgoto implantada na cidade possui mais de 26 quilômetros e a Estação de Tratamento (ETE) tem capacidade para depurar 25 litros de esgoto por segundo.

Nesse momento os moradores dos bairros atendidos nesta primeira etapa devem providenciar sua ligação à Caixa de Inspeção (CI) implantada pela CASAN em frente aos imóveis, para que o sistema entre em plena operação.  

Carla Reche - Assess. de Imprensa da ADR Lages