Construído em meados de 1850, o Casarão Juca Antunes, um dos patrimônios arquitetônicos de Lages (SC), começa agora uma nova fase. Foram iniciadas em janeiro as obras de restauração que vão recuperar as características arquitetônicas originais do imóvel, assegurando a preservação de sua história e proporcionando a sua utilização como um bem público.

Com duração prevista de até 12 meses, as obras contam com investimentos da CTG Brasil. Ao reconhecer a importância do Casarão Juca Antunes como patrimônio cultural de Lages e de Santa Catarina, a empresa viabilizou a aquisição do imóvel e agora investe em sua restauração. A ação é também uma medida compensatória, via Termo de Ajuste de Conduta, por conta da construção da Usina Hidrelétrica Garibaldi, localizada no município de Abdon Batista (SC).

“Contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde atuamos é gratificante. Manter esse engajamento e envolvimento, participando da vida das pessoas, está entre as nossas prioridades. E a reforma do Casarão Juca Antunes, símbolo tão importante de Lages, vai ao encontro disso”, afirma o diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança da CTG Brasil, Aljan Machado. 

“Com o início das obras, esperamos devolver em breve o Casarão para a população de Lages, colaborando para manter viva a história do município”, afirma o arquiteto Lurian Furtado, que assina o projeto.

As obras preveem a restauração de toda a estrutura de telhado, forro e piso, além de pintura e outras adequações na estrutura. A ideia é resgatar as características originais do imóvel, que será entregue à prefeitura da cidade, que ficará responsável pelo seu uso após o processo de restauro.

Para o prefeito Antonio Ceron, a restauração do Casarão proporcionada pela CTG Brasil contribui não só com a preservação física do local, mas com a memória da cidade. “Lages tem uma rica e extensa história e acreditamos que, após a reforma do Casarão, a comunidade terá mais uma oportunidade de aprender sobre nosso passado”, afirma.

Tombado pelo governo estadual, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), em novembro de 2001, o Casarão Juca Antunes é o último exemplar de arquitetura luso-brasileira em Lages. Por conta da importância do imóvel, a CTG Brasil também instalará no local das obras um tapume com fotos e informações sobre o casarão pensando em proporcionar à população de Lages informações históricas sobre este patrimônio, que é de toda a cidade.

Comunic Comunicação Estratégica