Boa noite,

O dia de trabalho iniciou por volta das 6h30 com o briefing (reunião) e uma reflexão sobre o propósito da missão, na qual foram distribuídos exemplares da Bíblia do Militar de MG.

A equipe catarinense foi lançada em terreno para iniciar as buscas no quadrante para qual foi designada e utilizou a estratégia de unir as equipes de Intervenção em Áreas Deslizadas e o binômio.

 A Força Tarefa de Santa Catarina está responsável pela varredura de áreas que só são possíveis acessar com helicópteros.

As operações de busca da Força Tarefa de Santa Catarina na região de Brumadinho tem se mostrado eficiente no auxílio ao Estado mineiro. O comandante das operações em Brumadinho elogiou o trabalho que as três equipes catarinense vem fazendo em campo. 

Na tarde de ontem ocorreu uma forte chuva que forçou a retração dos trabalhos e acabou interferindo no terreno. O cenário vem se modificando constantemente devido às chuvas e a operação de buscas é diferente do momento que aconteceu o impacto, afinal, as vítimas superficiais já foram encontradas e a utilização de técnicas conjuntas entre IAD e binômios vem se mostrando bem eficaz.

Os bombeiros militares catarinenses especialistas em Intervenção em Áreas Deslizadas juntamente com o binômio (Zaara e Cabo De Souza) encontraram no terreno segmentos de vítimas, que foram extraídas do terreno, entregues às autoridades policiais que faraó a identificação através de exames de DNA.

Valmir Martins - Sd BM - Equipe 3 - Missão Brumadinho