Ontem (18/02), no final da tarde, as  pessoas que passavam pela rua Coronel Córdova, no centro de Lages, se depararam com uma situação inusitada. Na altura da agência central dos Correios, esquina com rua João de Castro, uma tubulação da Semasa de 400 ml estourou. 

O resultado foi um verdadeiro "mar" escorrendo pela rua abaixo, inclusive com a água entrando em alguns estabelecimentos comerciais e causando prejuízos. 

A empresa que presta serviços à Semasa foi chamada às pressas. Técnicos e  máquinas estiveram no local trabalhando até de madrugada. Mas parece que o problema foi mais grave do que inicialmente se previa. Ao invés de uma tubulação, romperam-se duas, uma  com 400 ml de diâmetro (40 cm) e outra com 250 ml (25 cm). Os trabalhos de reparos continuam hoje pela manhã. 

Uma dessas tubulações foi consertada  ontem à noite. E a outra está sendo reparada agora pela manhã (naquele ponto o trânsito está interrompido, gerando tumulto e transtorno aos motoristas). 

Em função do ocorrido (aquelas tubulações levavam água tratada até o Reservatório R1, que fica localizado no Morro do Posto), vários bairros ficaram sem água (alguns continuam sem água até hoje). 

A Semasa estima que para reequilibrar e normalizar o sistema, pode levar de 24 a 36 horas (até a manhã desta quarta-feira, dia 20/02) Portanto, cabe aos moradores não desperdiçarem água em hipótese alguma. 

Bairros afetados com falta de água:

Centro

São Pedro

São Cristóvão

Gralha Azul

Santa Helena

São Paulo

São Francisco

Vila Comboni

Frei Rogério

Bela Vista

Petrópolis

Brusque

 

Copacabana

Fotos: Divulgação