O Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, realizou em 14 e 15 de fevereiro uma capacitação voltada aos professores da instituição. 

Com foco na temática tecnológica e em metodologias ativas de ensino, a formação foi composta por três oficinas: 

“Metodologias ativas e tecnologias colaborativas: como conduzir aulas criativas e engajar seus estudantes”, com Maidi Dalri, da Topser Consultoria;

“Ferramentas do Office 365 para fins educacionais”, com Hélio Vieira, da Big Brain Education; 

“A plataforma Moodle como ferramenta de apoio no ensino presencial”, com Glenio Madruga, do Centro de Educação a Distância (Cead) da Udesc. 

O evento buscou contemplar sugestões do corpo docente da instituição, que demandavam atividades práticas. 

As oficinas sobre as ferramentas do Office 365 e a plataforma Moodle, que podem ser usadas por todos os docentes da universidade, visaram potencializar a utilização dos sistemas e demonstrar novas possibilidades para recursos disponíveis à comunidade acadêmica. 

O evento foi realizado com recursos do projeto de ensino “Capacitação para métodos alternativos de ensino” e contou com mais de 80 docentes inscritos, superando as expectativas, segundo a organização. 

De acordo com o diretor de Ensino de Graduação da Udesc Lages, professor André Thaler Neto, “o evento teve como objetivo oferecer oportunidades e ferramentas inovadoras que contribuam para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem. A proposta é que esse trabalho venha a ser realmente contínuo e não uma ação única. Queremos melhorar a qualidade, e tornar o ensino ainda mais empolgante para a nova geração”, explica André. 

Segundo a curadora digital Maidi Dalri, responsável pela mediação de uma das oficinas, “ver professores vinculados ao sistema público preocupados em modificar o processo pedagógico, interessados e engajados em projetar experiências de aprendizagem significativas e criativas para os seus acadêmicos e levar a tecnologia para a sala de aula com certeza é um indicativo de que a educação vai sim mudar”.

O trabalho terá continuidade, por sugestão dos próprios participantes, em um novo encontro de formação continuada previsto para 25 e 26 de julho. 

 

Assessoria de Comunicação da Udesc Lages