Havia muita expectativa na realização da Feira de gado Geral em Painel, neste domingo (10), à tarde. O município nunca havia antes realizado um evento dessa categoria, a não ser a Feira do Terneiro (a), uma vez por ano. Na verdade, foi uma espécie de teste para sentir o comportamento do mercado, justamente na abertura da temporada de leilões. O resultado foi além do esperado. Todos os animais foram comercializados e o faturamento ficou perto dos R$ 800 mil. Outra surpresa foi o recorde no preço médio (R$ 12,73) alcançado em um único lote de 10 terneiras da raça Devon. A Agropecuária Arapari Ltda foi quem vendeu. Em quem arrematou foi José Salvador de Liz, de Painel, ao vencer uma grande disputa com os demais compradores.

O resultado desta feira em Painel animou os produtores. Conforme comentou o presidente do Sindicato Rural de Lages, Márcio Pamplona, há três anos os preços dos bovinos estão represados, e se espera em 2019 de que haja reajuste, e que a mercadoria tenha uma melhora substancial no preço. E mais, de que os negócios durante toda a temporada tenham resultados semelhantes ao que se viu no leilão em Painel, neste final de semana. “Havia muitos compradores de fora, o que demonstra a necessidade de reposição de animais de qualidade em todas as regiões do Estado”, salientou Márcio.

A Feira de Gado Geral em Painel só foi possível devido ao fato de o Sindicato Rural de Lages e a Camargo Agronegócios terem assumido a organização, a partir de um acordo com a Prefeitura, que se tornou parceira. Painel é parte da jurisdição do Sindicato de Lages, que a partir de agora dará suporte ao município, inclusive, na melhoria da estrutura do pavilhão de arremates e das mangueiras. Tais melhorias já deverão estar prontas para a realização da Feira do Terneiro (a), dia 26 de maio. Por outro lado, Lages inicia a comercialização de gado, no sábado, dia 23 de março, a partir das 14 horas, no Parque Conta Dinheiro, com a Feira de Gado Geral. As inscrições já estão abertas.

Preços médios da Feira de Gado Geral em Painel

Terneiro (até 10 meses): R$ 7,49

Terneira (até 10 meses): R$ 7,50

Boi: R$ 5,68

Novilha: R$ 5,94

Vaca c/cria: R$ 4,38

Vaca c/serviço: R$ 3,52.

 

Assessoria de Imprensa – Sindicato Rural de Lages