Há dois dias em Florianópolis transitando por diferentes esferas do governo, o presidente da Amures prefeito de Bom Retiro Vilmar Neckel e o secretário executivo Walter Manfroi foram recebidos pelo diretor de Articulação com os Municípios Osmar Matiola e Ademir Amaral Ribeiro, para tratar de questões relacionadas a ampliação de recursos do transporte escolar para Serra Catarinense.

Considerado um dos principais gargalos financeiros da educação, o transporte escolar de alunos da rede estadual de ensino implica no deslocamento de grandes distâncias. Foi o que demonstrou Vilmar Neckel aos representantes do governo, durante a tarde desta segunda-feira (18).

“As prefeituras de Bom Retiro, Anita Garibaldi, Cerro Negro, Rio Rufino, São José do Cerrito e Urupema, por exemplo, transportam mais alunos da rede estadual que da rede municipal. E por distâncias que facilmente ultrapassam os 50 quilômetros. São essas questões que estamos tratando com o Estado, para que os recursos cheguem efetivamente para cobrir os custos”, disse o presidente da Amures.

Os representantes da Amures também estiveram com o secretário Adjunto da Infraestrutura Pedro Stonoga, com quem solicitaram apoio na manutenção das vias estatuais. É que alguns municípios enfrentam dificuldades para escoar a produção agrícola e de frutas da Serra Catarinense.

Oneris Lopes - Assessoria de Imprensa da Amures