O Comitê Gestor do Cidade Empreendedora se reuniu na manhã da quarta-feira, 20 de março, na CDL, com Diogo Machado, da Glóbulo, que desenvolverá ao longo de cinco meses, um trabalho buscando identificar o propósito de Lages. A ideia é que todos tenham em comum uma identidade para o município e com isso seja iniciado um movimento para fortalecer e potencializar a economia.

A Glóbulo está iniciando este trabalho através de uma pesquisa que visa conhecer as considerações e visões de toda a população sobre Lages. Diogo explicou que as respostas são que possam identificar as percepções que as pessoas tem sobre a cidade e assim poderem elaborar o projeto. 

Na ocasião, definiu-se que, como não há uma entidade “dona” da ação, o contrato será realizado pelo Órion Parque diretamente com a Glóbulo e os componentes do Comitê Gestor assinarão como pessoas físicas e responsáveis pelo acompanhamento e avaliação do projeto. Constará ainda no contrato a origem dos recursos, que são oriundos de patrocínios das empresas Klabin, NDD, Flex, Engie, CJ Automotiva, Expert Engenharia e Vossko. O projeto é dividido em duas fases e tem o valor total de R$ 90.000,00.

Outro assunto comentado na reunião foi o sucesso e repercussão do evento "Como tornar Lages uma Cidade Criativa", realizado em fevereiro passado, no Teatro Marajoara, e que contou com um público de cerca de 350 pessoas. Participaram ainda, o prefeito Antônio Ceron, o vice-prefeito Juliano Polese, representantes de diversas entidades, lideranças empresariais e, principalmente, a comunidade que, de forma diversificada, demonstrou seu interesse pelo futuro da cidade.

Sobre o Comitê Gestor

O Comitê Gestor é composto por coordenadores e vices coordenadores de seis eixos econômicos elencados no Plano de Desenvolvimento Econômico Municipal (PEDEM), sendo eles: Agroalimentar, Eletro Metalmecânico, Madeireiro, Tecnologia e Inovação, Turismo e Comércio, e o mais novo eixo da Saúde.

Sheila Rosa - Gerente de Comunicação da ACIL