O grupo Desbravadores da Serra Ecoturismo está organizando o Circuito de Cavalgada da Serra, com a 1ª Cavalgada Desbravando as Belezas das Pedras Brancas, a ser realizada no dia 11 de maio, com saída às 8h30min das sede dos Desbravadores da Serra, na localidade Pedras Brancas. O percurso será de dez quilômetros, a serem cumpridos na previsão de quatro horas.

Para participar o valor é de R$ 50, ao qual estão incluídos entrevero ou carreteiro na sexta-feira (10 de maio), às 20h30min, e no sábado café da manhã campeiro das 7h às 8h30min e almoço com churrasco ao meio-dia, além de música nativista ao vivo. A programação começa dia 11 de maio em Pedras Brancas, depois segue dia 6 de julho na Garganta do Diabo, dia 28 de setembro na Coxilha Rica, e em 23 de novembro no Salto Caveiras, esta última combinando com o aniversário de 254 anos da fundação de Lages. Informações adicionais podem ser consultadas por telefone - 99906-6284 e 99967-7719 ou pelo e-mail marafonsc@hotmail.com ou, ainda, no Facebook: DesbravadoresDaSerra.

Na terça-feira (2 de abril), estiveram presentes na Diretoria de Turismo, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, o coordenador do projeto e proprietário da empresa de turismo de eventos, Flávio Boscatto, e Natanael Marafon, da Desbravadores da Serra, solicitando a inclusão do projeto de Circuito de Cavalgada da Serra 2019 no calendário de eventos do município de Lages. “Na primeira Cavalgada do ano tivemos a presença de 175 cavaleiros, e com participação de 60% de cavaleiros de outras cidades que vêm afirmar a demanda e crescimento do setor. Com uma agenda pré-definida durante o ano os turistas podem se programar para desfrutar da nossa cultura, gastronomia e belezas naturais”, pontua Flávio Boscatto.

O executivo de Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho, lembra que, “o Circuito de Cavalgada, assim que definido, facilita a operadoras e agências, a exemplo de hotéis, para indicar aos turistas esta bela opção de entretenimento e vivência turística na nossa região. O potencial e espaço para crescimento é enorme”.

Texto: Contribuição de Henrique Beling - Fotos: Henrique Beling