Com a presença de deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e do Cônsul Geral do Japão em Curitiba Hajime Kimura foi aberta na noite desta quinta-feira (02), a XXI Festa Nacional da Maçã. Evento que atraiu na primeira noite, milhares de pessoas para o show nacional de Luan Santana, na Arena Fuji.

Um desfile no Centro da cidade anunciou a festa que se estende até domingo no Parque Nacional da Maçã, com atrações como Joca Martins, Lucas Lucco, show com o Tributo ao Charlie Brown e a dupla Maiara e Maraisa.

O prefeito Giovani Nunes disse que a festa simboliza a produção dos fruticultores e pediu ajuda às deputadas federais Carmen Zanotto e Geovania de Sá e ao deputado Celso Maldaner na aprovação da pauta do subsidio da maçã. Também se dirigiu aos deputados estaduais Marcius Machado, Nilson Berlanda e Ana Paula da Silva, a “Paulinha”, representou o presidente da Alesc Júlio Garcia, pela causa da pauta do subsídio da maçã.

Ele destacou, ainda, a importância de obras estruturantes como a Rota Caminhos da Neve, da pavimentação da SC-370 entre Rio Rufino e Urubici, Serra do Corvo Branco e obras preventivas na Serra do Rio do Rastro. “Precisamos de um Pacto pela Serra Catarinense e do fortalecimento das mobilizações regionais”, defendeu o prefeito.

Segundo os organizadores, esta é uma das melhores safras de maçã da história, seja em quantidade ou qualidade. “Se a safra é boa devemos isso em grande parte aos japoneses precursores. Somos gratos também aos produtores de vinhos, queijo, goiaba e mel que mostram sua força na festa”, agradeceu Giovani Nunes.

Na próxima terça-feira (07), São Joaquim comemora 132 anos de emancipação e a programação da festa é alusiva ao aniversário do município. Até domingo, a festa que é a segunda maior da Serra Catarinense terá Concurso Regional de Queijo Serrano, Feira do Mel, Expofeira de Pecuária, Rodeio Crioulo, Mostra de Vinhos Finos de Altitude e Feira de Artesanato.

 

Texto e fotos: Oneris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures