Nesta quinta-feira, 9 de maio, o Câmpus Lages do IFSC discute e apresenta os impactos diretos do corte de verbas anunciado pelo governo federal no câmpus. A conversa é para alunos e servidores e acontece em três horários: 11h, 14h e 19h30, no auditório do câmpus. O objetivo é dar transparência sobre todas as decisões e poder ouvir a contribuição de todos.

O Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), divulgou na última terça-feira (30) o bloqueio de aproximadamente 30% no orçamento de universidades e institutos federais. O bloqueio de recursos no IFSC soma R$ 23,5 milhões fazendo com que a instituição, a partir do segundo semestre, paralise algumas atividades fundamentais à formação.

 

A Reitoria do IFSC informou em nota oficial que muitas atividades ligadas aos alunos, tais como ensino, pesquisa e extensão, terão que ser paralisadas, pois com o recurso que será disponibilizado, o Instituto não conseguirá finalizar o ano letivo. Com a confirmação do bloqueio, as primeiras consequências serão a não continuidade dos pagamentos de contratos terceirizados de limpeza e segurança, água, luz, insumos para aulas práticas, manutenção para equipamentos laboratoriais, cancelamento de visitas técnicas e assim por diante – prejudicando alunos e a sociedade em geral.

 

Assessoria de Imprensa do IFSC de Lages