Uma noite que jamais se apagará da memória de Lages. Ultrapassado o período de elaboração e implantação de alguns projetos e ainda em andamento da produção e avanço de outro número de dispositivos, Lages já se consagra como uma das referências em capacidade administrativa de gestores públicos com resultados comprovados de estímulo ao surgimento e desenvolvimento de pequenos negócios com modernização de procedimentos.

Prova disto foi o reconhecimento nacional do prefeito Antonio Ceron sendo finalista, junto com outros sete prefeitos do Estado, em nível nacional no 10º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, realizado na noite desta quarta-feira (5 de junho), em Brasília, na sede nacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O projeto de Lages apresentado no evento teve como tema: Fortalecendo o Ambiente dos Pequenos Negócios - Inova Lages, na categoria Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios. Esta edição premiou oito projetos de destaque em todo o país e homenageou o ex-presidente Juscelino Kubitschek, que também foi prefeito de Belo Horizonte, no período de 1941 - 1945.

O Prêmio enalteceu planejamento, execução e controle das ações. Lages, campeã na categoria em nível estadual, concorreu com projetos do Brasil inteiro. “Quero aproveitar esta ocasião e agradecer a toda a equipe da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, que diariamente investe sua capacidade técnica e ferramental para impulsionar a abertura de novas empresas e facilitar a vida do investidor de Lages, gerador de arrecadação de impostos, postos de trabalho e movimentação econômica”, enfatizou Ceron.

O secretário do Desenvolvimento, Mario Hoeller de Souza (Marião), também compareceu à solenidade. “Lages teve saldo positivo em abril de 273 vagas de trabalho, um dos melhores desempenhos do Estado. O total é de 851 em 2019. Atuamos nos vieses do estímulo ao empresariado, na capacitação de nossa gente com o Programa Qualifica Melhor Lages, no Banco do Emprego, além da Sala do Empreendedor”, pontuou Marião.

Números do Prêmio

Desde que foi instituído, desde 2001, foram 9.989 projetos inscritos, 7.235 projetos habilitados, 918 vencedores estaduais (que são os finalistas nacionais). Foram 94 vencedores nacionais (incluindo os 12 vencedores deste ano). Ao todo, 23 Estados participaram em 2019. Este ano, foram 1.160 projetos inscritos, 1.130 habilitados e 160 vencedores estaduais.

Participaram do evento o representante da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, deputados federais, senadores, ministros, entre outras autoridades.

Texto: Daniele Mendes de Melo - Fotos: Pablo Gomes e Divulgação