O abuso de crianças  não é apenas  um caso de assistência social. Antes de tudo, é caso de polícia. A declaração é da deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC), ao defender que  a Polícia Federal intensifique o cerco ao crime de pedofilia no País.

“Sabemos que a Polícia Federal tem agido duramente para coibir essa prática criminosa sobre as nossas crianças. Mas é preciso intensificar, fortalecer mais as investigações. O lugar desses criminosos é na cadeia”, disse.

A fala a parlamentar catarinense ocorreu, na quarta-feira (05), em audiência pública, com a ministra  da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves,  na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara. 

Carmen Zanotto anunciou que vai apresentar requerimento de indicação ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, solicitando mais ação da Polícia Federal.

“O aumento desses crimes tem deixado a sociedade estarrecida”, reforçou.

O tema da reunião era “Suicídio e Automutilação de Crianças e Adolescentes”, mas os relatos de Damares Alves sobre abusos de crianças ampliou o debate sobre a questão.

Crimes na Internet

Carmen Zanotto pediu ainda a Damares Alves que redobre a vigilância sobre os crimes na internet, inclusive os que incentivam suicídio e automutilação de crianças e adolescentes.  Ela chamou a atenção do Comitê Gestor da Internet, que é responsável pela veiculação de vídeos.

 

Fonte: Cidadania Foto: Cleia Viana/ Câmara dos Deputados - Texto: Silviane Manrich - Assess. de Imprensa da deputada Carmen Zanotto