Um dos espaços estrategicamente localizado dentro do Parque Conta Dinheiro, durante a 31ª Festa Nacional do Pinhão, é o Palco Cultural. Perto das catracas de entrada do Parque, este local democrático de estilos, ritmos, passos e coreografias, reúne milhares de pessoas durante os dez dias de Festa.

Este ano serão 52 shows programados para o Palco Cultural. Uma média de cinco apresentações por noite. Mas o que chama a atenção é que deste total, 16 apresentações são dos alunos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Prefeitura de Lages (Fundação Cultural), e uma do projeto Lages Melhor do núcleo do Caic Irmã Dulce, do bairro Guarujá. Serão sete dias distribuídos com Street Dance, Ballet, Teatro, Técnica Vocal, Coral, Violinos, Gaitas e Violão.

De acordo com o superintendente da Fundação Cultural de Lages e presidente da Comissão Central Organizadora da 31ª Festa Nacional do Pinhão, Giba Ronconi, a valorização dos talentos locais é a prioridade nas apresentações do Palco Cultural e Recanto do Pinhão. “Teremos a Escola de Artes e o Lages Melhor dentro do Parque e no Recanto. Esta é mais uma forma de divulgar este excelente trabalho desenvolvido pela municipalidade e que juntos beneficiam com arte e cultura milhares de crianças, adolescentes, jovens e adultos”, diz.

Confira a programação desta sexta e sábado:

14/06 - Sexta-feira

 

 

22:00h

Juanita Canto e Encanto

 

15/06 – Sábado

 

 

 

20:30h

SESC Ballet

   

21:00h

CTG Campestre Catarinense

21:30h

Paulinho Godoi e Banda

 

22:00h

Escola de Artes - Street Dance

22:30h

Projeto de Dança Ritmos

     

23:00h

Grupo Reinventar

     
             

Texto: Ari Junior / Foto: Arquivo