Alguns alunos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Fundação Cultural de Lages, se apresentaram no Recanto do Pinhão na manhã e no início da tarde de quinta-feira (13 de junho). No período matutino aconteceram apresentações de street dance, ballet e violino. No período vespertino, foi a vez do coral infanto-juvenil e de uma aluna de teclado.

 

Os espetáculos atraíram, além do público em geral, alguns grupos de familiares. Juliana Esteves estava entusiasmada com a performance da filha, que integra o coral infanto-juvenil. “Isabela começou este ano e está gostando muito”, afirmou.

A coreografia apresentada pelas pequenas bailarinas do ballet e do street dance estava repleta de arabescos. Ao ampliar os espaços do palco e transportar os movimentos da dança para os olhos do espectador, as dançarinas estavam imitando os mais elementares desejos ancestrais: voar e embelezar o mundo.

Composto por 19 figuras, o coral, sob a regência do Maestro Rodrigo de Oliveira, alterna exibições coletivas e solos. Explorando a técnica vocal das crianças, o grupo foge da obviedade ao adotar um repertório baseado na música popular brasileira. O efeito resultante dessa decisão produz uma atmosfera de intimidade, onde prevalece a harmonia uníssona e o bom gosto musical.

Confira a programação desta sexta-feira (14 de junho) do Recanto do Pinhão:

10h      Fundação Cultural/Escola de Artes

14h      Fundação Cultural/Escola de Artes

15h      Bruno Antunes

16h      Grupo Embalo Fandangueiro

17h      Giancarlo Orsolletta

18h      José Florêncio

19h30  Éder Goulart

Texto: Raul Arruda Filho / Fotos: Toninho Vieira e Marcelo Pakinha