Ao acompanhar os trabalhos de instalação da Central de Monitoramento dos Semáforos (sinaleiras), em uma sala da Diretoria de Trânsito (Diretran), no piso superior da Rodoviária Municipal, feita pela NewTech (empresa contratada), o prefeito Antonio Ceron destaca a fase de modernidade tecnológica do município de Lages. Hoje Lages está sendo inserida ao conceito de “cidades inteligentes”. O prefeito observou que a implantação do sistema automatizado dos semáforos, controlado através de Central Digital de Monitoramento, somente está sendo viabilizado em razão do cabeamento subterrâneo implantado anteriormente. Com as linhas de fibra ótica, a sincronização e monitoramento dos semáforos funcionam de forma estabilizada, o que não ocorreria caso este mesmo sistema fosse instalado sobre uma planta de transmissão de dados via ondas de rádio (tecnologia menos eficiente, neste caso). “A atualização e modernização tecnológica permitem maior eficiência e controle do sistema de trânsito e isto está sendo implantado em Lages. Será uma mudança que só trará benefícios à população. Mudança feita através de estudos técnicos, visando ao bem-estar coletivo”, analisa Antonio Ceron.

Já o responsável pelo setor de Engenharia e Sinalização de Trânsito, da Diretran, Sérgio Todeschini, comenta que um dos importantes objetivos do novo sistema de sincronização da abertura de tempo dos semáforos é a chamada “onda verde”. “Junto à ‘onda verde’ virá também o controle simultâneo de funcionamento de todos os semáforos, em tempo real. Caso um deles apague, em determinado momento, de imediato a falha se tornará visível nos monitores da Central de Controle. O tempo de resposta será bem menor, com serviços de reparos imediatos”, explica Todeschini.

Calcula-se que ainda no mês de agosto a Central de Monitoramento Digital dos Semáforos esteja instalada, sendo que no decorrer deste segundo semestre de 2019 Lages será contemplada com dinâmico e moderno sistema de sincronização das sinaleiras, com maior e mais segura fluidez do trânsito no perímetro urbano.

Texto: Iran Rosa de Moraes - Fotos: Nathalia Lima