Com previsão de entrega das obras de revitalização da Praça João Costa para o dia 23 de novembro, o edital de licitação para ocupação dos espaços foi pauta da reunião da diretoria da Associação Empresarial de Lages realizada nesta segunda feira, 26 de agosto, e que contou com a presença do executivo de Turismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho e do diretor de urbanismo e planejamento da Secretaria de Planejamento e Obras, Roberto Provenzano. 

A Praça João Costa contará com uma ampla área de convivência e duas edificações, uma delas conterá espaço para livraria e cafeteria em um mesmo ambiente, banheiros públicos, uma central para Polícia Militar, uma Central de Informações Turísticas e uma central de trabalho da Secretaria do Meio Ambiente.  A outra edificação, localizada onde era o ginásio do Colégio Aristiliano Ramos, terá um pavilhão cultural no térreo e um espaço para um restaurante no segundo pavimento com vista panorâmica para a praça.

De acordo com Pinheiro, estão buscando ouvir as entidades para ajudar a montar o edital de licitação para concessão dos espaços, que deverá ser por um prazo de dez anos. “Para que tenhamos os prazos legais cumpridos e no início de outubro o ganhador possa fazer a parte de acabamento da construção, parte elétrica, além do imobiliário, para estar pronto até dia 23 de novembro, o edital precisa estar pronto no início de setembro”, explicou ele. É importante que o edital contenha tudo que for importante, sempre levando em consideração as questões legais que estão embutidas em tudo o que é público.

O diretor de urbanismo e planejamento explicou que a edificação será entregue com um padrão mínimo de qualidade e pré-instalações necessárias para a empresa se instalar. Segundo ele, o edital para concessão do restaurante será feito posteriormente.

A licitação funcionará como uma concorrência pública normal, com apresentação de propostas em envelopes. A proposta parte de um determinado valor mínimo e quem oferecer o valor maior ganha. O vencedor deverá apresentar a condição técnica e financeira, além da proposta em si.

Sheila Rosa - Gerente de Comunicação da ACIL