“Estamos encantados com tudo que vimos aqui. É uma experiência indescritível e que muito nos ajudará para compor nosso consórcio com inspeção dos produtos de origem agropecuária na Associação dos Municípios do Seridó”. Assim definiu o prefeito de Jucurutu no Rio Grande do Norte, Valdir de Medeiros Azevedo, se referindo a queijaria que conheceram em São José do Cerrito.

A visita técnica à campo na manhã desta quarta-feira (18), coordenada pela médica veterinária do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense – Cisama, Andressa Barbosa, começou pelo abatedouro de frangos caipira Carú, na localidade de Salto dos Marianos, em São José do Cerrito. A comitiva de quatro prefeitos e quatro técnicos do Sebrae foi recepcionada pelo presidente da associação dos Criadores de Frango Caipira, Amarildo de Oliveira e o diretor comercial Moacir de Oliveira Correa.

Eles explicaram que são 12 produtores associados e receberam apoio do Programa SC Rural para construção de aviários com tamanho de 25×12 metros com capacidade para 3.500 aves. E caminham agora para o planejamento da sequência de abates, onde cada produtor destinará lotes de 500 aves por semana para abate. Depois de conhecer o processo industrial, os visitantes foram até um aviário.

Em seguida se deslocaram a queijaria de Hilda de Oliveira Corrêa, onde receberam informações sobre o processamento do queijo artesanal serrano. Degustaram e compraram diversas peças do produto para levar para o Rio Grande do Norte. O prefeito Chilon Batista de Araújo Neto, do município de Timbaúba dos Batistas e presidente da Associação dos Municípios do Seridó, elogiou o sistema de produção e inspeção que vem sendo desenvolvido pelo Cisama nos produtos de origem agropecuária.

A tarde a comitiva norte-rio-grandense conheceu também, a queijaria Iguaria Serrana de Jezebel Pereira Machado, em Capão Alto. Lá tiraram mais dúvidas sobre o sistema de inspeção e produção, questões sanitárias do gado leiteiro e comercialização. No final da tarde os visitantes retornaram à Florianópolis para embarcar de volta ao Rio Grande do Norte, onde tentarão implementar ações a partir das experiências do Cisama. 

Oneris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures