Ao completar oito meses a frente da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc), Juliano Chiodelli apresentou os resultados da instituição aos diretores da Associação Empresarial de Lages.

Atualmente, a Jucesc é 100% digital em todos os municípios catarinenses, proporcionando mais agilidade e eficiência aos usuários. A transição que aconteceu em maio deste ano tem apresentado um crescimento constante. Segundo as informações repassadas pelo presidente da Junta Comercial, foram realizadas 104.587 análises de processos nos últimos quatro meses; foram constituídas 120.384 empresas, de janeiro a 21 de outubro, quase 20 mil empresas a mais do que no mesmo período de 2018.

Ainda de acordo com os dados repassados por Chiodelli, antes a abertura de uma empresa poderia demorar até 120 dias para ser aprovado, caso houvesse alguma inconsistência na documentação apresentada, "agora o tempo médio é de 41 minutos", salientou. Hoje, são realizadas uma média de 968 análises por dia útil e uma média de 592 empresas são abertas, também por dia útil. Isso é possível porque os servidores que antes faziam atendimento presencial passaram a realizar a análise dos processos. "Com a Jucesc Digital, o processo é protocolado e é analisado por um servidor de qualquer parte do Estado, o que estiver com a tela limpa irá analisar", explicou.

Com relação ao SC Bem Mais Simples, Chiodelli explicou que todos os órgãos, estadual e municipal, responsáveis pelas licenças e autorizações de funcionamento de uma empresa, deverão trabalhar de forma integrada. Esse processo prevê a abertura de empresas por meio de autodeclaração, que enquadram o novo empreendimento em condições de baixa complexidade, podem ser abertas de forma simples, emitindo as licenças e alvarás provisórios, ficando a cargo dos órgãos envolvidos a fiscalização posterior. "Isso representa a confiança do Governo do Estado na palavra do empreendedor", finalizou.

Informações: Sheila Rosa, assess. imprensa Acil