Fãs do automobilismo em Lages e região prestigiaram a quarta edição da Arrancada da Serra, neste domingo (17 de novembro). O evento aconteceu na pista da localidade de Pedras Brancas, às margens da SC-114, e fez parte da programação do mês de aniversário de 253 anos de Lages.

Participaram do evento aproximadamente 20 pilotos de carros e 30 de motos, que aproveitaram a oportunidade ímpar para competir e se divertir. A prova contou com cronometragem de fotocélula.  Os pilotos percorreram uma pista de terra com 200 metros disponíveis para a arrancada dos motores e outros 500 metros para a desaceleração, totalizando 700 metros e se tornando uma das mais seguras de Santa Catarina.

A competição reuniu iniciantes e veteranos, todos com a mesma paixão pela velocidade. O senhor Edson Antonio Formolo, conhecido no meio como Totonho, no auge dos seus 68 anos de idade, há 20 compete em arrancadas de carro. Já perdeu as contas de quantos campeonatos catarinenses participou e em casa mantém com orgulho uma galeria onde expõe mais de 60 troféus. “O legado que gostaria de deixar para os mais jovens é que abusem da velocidade nas pistas, mas não façam loucuras nas ruas, colocando vidas em risco”, diz.

Sempre acompanhado de sua fiel escudeira, a esposa Margarete Antunes Araújo, é considerado uma lenda do automobilismo lageano. “Chamam ele o ‘vovô das pistas’ e todos têm muito respeito. Eu também gosto muito, tanto que se tivesse uma categoria só para mulheres, gostaria de participar”, comenta a esposa. A Arrancada da Serra é uma promoção do Refúgio do Lago. O evento também conta com apoio da Associação Serrana de Automotores – ASA.

Texto e fotos: Aline Tives