A seleção dos produtos e montagem dos kits leva em consideração o cálculo do valor nutricional necessário e suficiente para o consumo de cada criança e aluno
Ari Junior

A Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria da Educação, está divulgando para a comunidade o cronograma do novo sistema de entrega dos kits emergenciais de alimentação escolar. Esta ação beneficia crianças e alunos matriculados no ano letivo de 2020, no sistema municipal de ensino.

O prefeito Antonio Ceron ressalta que os kits emergenciais da alimentação escolar contêm produtos alimentícios in natura para preparação em casa. Trata-se de alimentos com alto valor nutricional depois de avaliados pelas nutricionistas da Secretaria Municipal da Educação.

Nesta quarta-feira (22) foram repassados os kits aos pais e responsáveis por estudantes moradores na região alta do perímetro urbano do município, compreendendo bairros e loteamentos como Santa Mônica, Caroba, Santa Cândida, Boqueirão e Vista Alegre, e Petrópolis, Ipiranga e Gralha Azul nas adjacências, em direção ao centro da cidade. Foram contempladas, portanto, todas 13 unidades escolares municipais daquela região.

A secretária municipal da Educação, Ivana Michaltchuk, explica que a seleção dos produtos e montagem dos kits leva em consideração o cálculo do valor nutricional necessário e suficiente para o consumo de cada criança e aluno para um mês, pois o novo kit de alimentação escolar é retirado apenas uma vez no período de 22 de abril a 31 de maio, sempre no período vespertino. “Vamos atender todas as crianças e alunos da rede municipal. Os kits foram adquiridos com recursos financeiros do Programa Nacional de Alimentação Escolar e contrapartida da prefeitura”, diz a secretária.

Para ter direito ao acesso ao kit emergencial é preciso efetivar a opção de cadastramento digital das crianças, pelas famílias, via formulário, através do link https://forms.gle/vTEkHYrCErm5XKXd8. Os diretores das escolas estão à disposição para prestar auxílio a quem porventura não conseguir acessar o formulário de casa. O cadastro permite o aviso à comunidade com antecedência e o agendamento de horários para evitar aglomeração na data da retirada.