“É muito importante a instalação de um poço artesiano, com água de boa qualidade aqui nos Cadeados, assim como irá acontecer em outras localidades do interior do município ...

O primeiro poço artesiano perfurado em Lages, por meio do convênio intermunicipal firmado entre a Prefeitura e a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures),  foi na região de Cadeados e a perfuração ocorreu na terça-feira (16 de junho). Este trabalho também tem a colaboração da União Rural de Lages (UNIR).

Acompanharam os trabalhos de abertura deste primeiro poço, o secretário municipal da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini e o diretor de Pesca, desta secretaria, Nelson Beretta, além do secretário executivo da Amures, Walter Manfrói, técnicos e moradores daquela localidade do interior de Lages.

Este poço artesiano tem 126 metros de profundidade e apresenta uma vazão de 14.400 litros por hora. Ele funcionará com uma bomba automática que possibilitará a sucção da água e a distribuição dela às propriedades rurais. “É muito importante a instalação de um poço artesiano, com água de boa qualidade  aqui nos Cadeados, assim como irá acontecer em outras localidades do interior do município. Isto é necessário, pois os proprietários rurais e moradores não podem ficar sem abastecimento de água e os carros pipas não dão conta de toda a demanda, em épocas de forte estiagem”, falou o secretário, Osvaldo Uncini.

Iran Rosa de Moraes