Acumulado do ano ainda tem perda de 45 mil postos. Este é segundo mês com mais contratações do que demissões na pandemia.

Santa Catarina teve um saldo positivo de 10.044 vagas de emprego formais em julho, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Este é o segundo mês dentro da pandemia do novo coronavírus que o estado tem mais contratações do que demissões, informou o Bom Dia Santa Catarina desta quinta-feira (27). Em junho, o saldo foi de 3.7121 vagas. No acumulado do ano, o saldo segue negativo, com -45.095 postos.

Com esse resultado, Santa Catarina ficou em terceiro lugar no ranking do mês entre os estados, atrás apenas de São Paulo (22.967) e Minas Gerais (15.843). De acordo com balanço do Caged, no mês de julho a economia catarinense realizou 70.388 contratações e 60.344 desligamentos. De janeiro a julho deste ano, o único setor que teve saldo positivo foi a construção civil, com acréscimo de quase 2 mil novas vagas.

 

Entre os setores, o que mais gerou empregos em julho foi a indústria.

 

O Sistema Nacional do Emprego (Sine) divulgou na terça (25) um relatório mostrando que nesse momento há 3,7 mil vagas em 58 municípios do estado. A maioria está na região Norte.

Por G1 SC