Chamada é imediata no caso de oficiais da PM. São 35 oficiais e 500 praças para a Polícia Militar e 104 agentes e 68 escrivães para a Polícia Civil.

O governo de Santa Catarina anunciou na tarde desta quarta-feira (23) a chamada imediada de 35 oficiais para a Polícia Militar e de mais 500 praças para a PM, além de 104 agentes e 68 escrivães para a Polícia Civil. Os praças, agentes e escrivães serão convocados em dezembro, conforme o governo, com início da formação previsto para janeiro de 2021.

Todos os chamados foram aprovados por concursos públicos realizados em anos anteriores. O governador do estado, Carlos Moisés (PSL), disse que o número de novos policiais foi determinado pelos limites fiscal e legal.

 

O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, afirmou que “esses novos profissionais farão com que a Polícia Civil possa prestar um melhor serviço à sociedade catarinense”.

 

Já o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Dionei Tonet, disse que os novos quadros representam uma recomposição do efetivo da corporação. “Esse é um ato muito importante para voltarmos ao nosso limite prudencial”, declarou.

 

Por G1 SC