Mulheres que moram em Santa Catarina e tiveram câncer de mama podem se cadastrar para realizar gratuitamente a reconstrução mamária ou a simetria do seio, através do site da Associação Brasileira de Portadores de Câncer (Amucc), ou por meio encaminhamento médico na Unidade Básica de Saúde. As cirurgias são realizadas no Hospital Universitário (HU), em Florianópolis.

O convênio foi lançado há um ano, com objetivo de zerar a fila de mulheres que aguardam a reconstrução de mama, mas os procedimentos cirúrgicos deixaram de ser feitos durante o período de pandemia do coronavírus, quando todas as cirurgias eletivas foram suspensas no estado temporariamente, conforme o Superintende de Serviços Especializados e Regulação, Ramon Tartari.

- Não se justificaria expor uma paciente ao ambiente hospitalar para fazer um procedimento de reconstrução mamária, que é uma cirurgia eletiva. As mastectomias continuaram ocorrendo - explica.

Segundo a vice-presidente da Amucc, Simone Marilene de Souza Lopes, há 43 mulheres cadastradas através do site. Todas serão beneficiadas com a volta do mutirão. A retomada dos serviços, no entanto, ainda não tem data definida, mas o Hospital Universitário se organiza para recomeçar os procedimentos cirúrgicos, segundo Tartari. A reportagem não conseguiu contato com a unidade hospitalar até o fechamento deste texto.

?Outubro Rosa: Câncer de mama é um dos mais comuns entre as mulheres?

O mutirão de cirurgias foi convencionado por Secretaria de Estado de Saúde (SES), Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS), Hospital Universitário (HU) e Amor e União contra o Câncer (AMUCC) com recursos da emenda parlamentar. 

Pelo convênio, o Hospital Universitário - o primeiro a integrar o mutirão realizaria 10 cirurgias de reconstrução de mamas por mês. 

NSCTOTAL