A comarca de Lages, na soma de suas 12 unidades, chega à marca de 92% digital.

 

Com a virtualização dos acervos, o tempo de tramitação dos processos reduziu sensivelmente.

 

Os servidores que exerceram atividade em home office ficaram responsáveis pelas categorizações das peças processuais, enquanto os demais realizaram a digitalização dos processos e a migração para o sistema eproc.

 

Com a suspensão temporária dos prazos processuais e do atendimento externo, a equipe trabalhou de forma coordenada para colocar a unidade em dia.

 

Com esse feito, todos os processos da unidade já estão no eproc.

 

Fonte: Olivete Salmória